Com toda certeza perdido.

Quando é detectada uma doença física, logo perguntamos: „é grave?“ Mas esta pergunta deveria ser feita mais ainda, quando existe a doença espiritual. Temos facilidade em reconhecer que somos pecadores, e o autor crê que isto é verdade, por que nem sabemos o que significa esta doença. Nesta situação pensamos apenas na imperfeição geral da natureza humana, ou então nos escondemos atrás da frase: “todos agem desta maneira”. Mas com estas explicações nos desviamos da pergunta principal: Qual é a situação real de nosso estado espiritual? A Bíblia nos responde esta pergunta.

Lektion6 FrauA Bíblia firma que somos completamente maus.

Isto não quer dizer que somos incapazes de fazer qualquer bem. Mas a Bíblia detecta que o pecado penetrou em cada detalhe da nossa natureza humana – em nosso pensar, sentir, nossa consciência, nosso alma e em nossas fantasias. O coração é mais enganoso que qualquer outra coisa e sua doença incurável. Quem é capaz de compreende-lo? (Jeremias 17,9)  O principal problema não consiste “no que fizemos” em determinadas situações e que poderia nos desculpar. O problema está na questão „do que nós somos“. Como seres humanos voltamos a pecar, por que a nossa natureza pecaminosa nos engana. Pois do interior do coração dos homens vêm os maus pensamentos, as imoralidades sexuais, os roubos, os homicídios, os adultérios, as cobiças, as maldades, o engano, a devassidão, a inveja, a calúnia, a arrogância, e a insensatez. (Marcos 7,21-22)

Do ponto de vista divino cada pecado é abominável.

Ao observar este texto, percebemos que o mesmo relata pensamentos, palavras e ações das mais diferentes áreas de nossa vida. Corremos o risco de restringir o pecado com atitudes como assassinato ou roubos. Mas a Bíblia não nos da o direito de reduzir o pecado a tais atitudes. Tudo o que não atende ao padrão divino é pecado. Toda a imperfeição quando falamos, fazemos ou pensamos é pecado: Quem poderá dizer: Purifiquei o coração; estou livre do meu pecado? (Provérbios 20,9)  Talvez seja você?

Pecado é a rebelião contra o senhorio de Deus e suas ordenanças.

Todo aquele que pratica o pecado transgride a Lei; de fato, o pecado é a transgressão da Lei. (1. João 3,4)  Nenhum mandamento nos força a pecar, enganar, ter pensamentos impuros ou pecar de uma outra maneira. Você mesmo decide este assunto. Quando transgredimos os mandamentos bons de Deus, menos prezamos a Deus conscientemente, e isto é mau, pois Deus não vai deixar sem tratar esta atitude. Deus é um Juiz justo. (Salmo 7,11)  Deus é incapaz de desconsiderar o pecado. Podemos ter a certeza de que Deus castigara o pecado. Em parte sofremos o castigo do pecado já nesta vida. Mas o castigo pleno deverá acontecer depois de nossa morte, no dia do juízo. Assim, cada um de nós prestará contas de si mesmo a Deus. (Romanos 14,12)

Todas as 12 lições podem ser obtidas em download como arquivo de PDF sem custos.

Cookies make it easier for us to provide you with our services. With the usage of our services you permit us to use cookies.
Ok