Nós somos incuravelmente religiosos.

Em todas as culturas existem centenas de tentativas no sentido de satisfazer o nosso desejo de termos paz com Deus. Nas grandes religiões, buscamos essa paz no sol, na lua e nas estrelas; na terra, no fogo e na água, em imagens de madeira, pedra ou de metal; em peixes, aves e outros animais. As pessoas rezam para inúmeros deuses e espíritos. Também em nosso mundo aparentemente esclarecido o amor ou o dinheiro rapidamente podem se tornam ídolos. 
E quando olhei, não havia ninguém; nem mesmo entre estes, conselheiro algum havia a quem perguntasse ou que me respondesse palavra. Eis que todos são vaidade; as suas obras não são coisa alguma; as suas imagens de fundição são vento e confusão. (Isaías 41,28-29)

Lektion8 KircheA religiosidade não pode extinguir o pecado.

As comunidades religiosas existem para ajudar as pessoas a se acertarem com Deus. No entanto, quando elas exigem o esforço próprio para conseguirmos a nossa salvação, tudo isso é em vão. Isto é assim porque mesmo a nossa melhor religiosidade é falha e, portanto, insuficiente diante de Deus. Deus exige perfeição. Por meio de serviços religiosos ou experiências humanas não será apagado nenhum único pecado, por mais sublimes que sejam as cerimônias de batismo, comunhão, confirmação, dos cultos da igreja; as orações, empenho de força humana e de tempo, a leitura da Bíblia ou qualquer outra coisa!

Por meio de boas obras não conseguimos compensar as nossas más ações.

Se você quer se acertar com Deus, é preciso ter confiança na oferta de Jesus. Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie. (Efésios 2,9)

A religiosidade não pode mudar a natureza pecaminosa do homem.

O nosso comportamento não é o real problema, mas, sim, apenas um sintoma. Talvez nos sintamos bem indo à igreja ou participando de outros eventos religiosos. Mas isso não muda nada na nossa condição essencial. Quem pode extrair algo puro do homem? Ninguém. (Jó 14,4)

Muito bom - mas não o suficiente.

Ir à igreja ou ler a Bíblia, no entanto, não é errado. Por exemplo, é correto ir a uma igreja, ler a Bíblia e orar. Deus até nos ordenou para fazermos isso. Mas essas práticas não fazem de você um cristão.

Todas as 12 lições podem ser obtidas em download como arquivo de PDF sem custos.

Cookies make it easier for us to provide you with our services. With the usage of our services you permit us to use cookies.
Ok